De Belorado a Burgos: 53 Km (dividimos em duas etapas: Belorado a Atapuerca 30 Km e Atapuerca a Burgos 23 Km)

Saímos de Belorado, uma cidade com 2.135 habitantes e nos planejamos para andar 27 km até Áges, com 59 habitantes. Como era um pouco mais longo que o dia anterior, resolvemos sair às 5:45h da manhã. Valeu a pena.

Havíamos saído de La Rioja, então os vinhedos já não eram mais a principal paisagem e sim os campos de girassóis e plantações de trigo. No entanto, nesse dia foi diferente. Caminhamos horas atravessando as florestas das Sierras de la Demanda y San Milán, foi bom mudar de visual e caminhar no meio da natureza, mas foi cansativo devido às constantes subidas e descidas até acabar a serra.

No final da serra, chegamos a San Juan de Ortega, onde paramos para recarregar as energias e para que a Mila pudesse fazer uma oração na Igreja de San Juan. Ele é conhecido por ajudar casais que não conseguem ter filhos e não custava fazer um pedido. Na verdade, se todos os santos do caminho forem atender aos pedidos da Mila, voltaremos com uns dez filhos para o Brasil, rs.

Felizmente havíamos saído cedo e, além disso, o sol nos deu mais um dia de trégua. Quando chegamos em Áges não havia lugar para dormir, ou seja, tivemos que caminhar mais 2,6 Km para chegar até Atapuerca, um pueblo com 202 habitantes, onde conseguimos um hostal para passar a noite.

No dia seguinte, para ir até Burgos o caminho era mais curto, então saímos um pouco antes do sol raiar e conseguimos chegar no topo do morro bem a tempo de ver seus primeiros raios de cima (foto no início do post).

Burgos é a segunda maior cidade do caminho, com 173.239 habitantes, e a entrada é bem monótona, através de estradas e ruas asfaltadas, com pessoas “estressadas” e que passam por nós sem nem ao menos cumprimentar. Não estamos mais acostumados com isto… Sua catedral vale a pena conhecer, é um dos grandes monumentos e ótimo exemplo do estilo gótico espanhol no Caminho de Santiago. Sua construção teve início em 1.221 e foi sendo ampliada até o século XVI.


Comente no Facebook!

comentários